Type to search

O que é o direito de repescagem no exame de ordem e como funciona?!

1ª Fase 2ª Fase Estratégia

O que é o direito de repescagem no exame de ordem e como funciona?!

Desde 2011, com o Provimento 144 (13.06.11), o CFOAB passou a permitir a realização da chamada “repescagem”. Significa dizer que a aprovação em 1a fase garante duas chances de realizar a prova de 2a fase. A primeira delas seria exercida no próprio certame em que o examinando obteve aprovação. A segunda, após manifestação neste sentido, quando da publicação do edital de reaproveitamento (ou de repescagem, como é amplamente identificada).

Algumas dúvidas surgem (e se outras surgirem, não deixe de me enviar uma mensagem via direct, lá no instagram – @savio.chalita). A mais famosa é: “posso acumular aprovações para garantir mais chances de realização da prova de segunda fase?”. Vamos lá!

O objetivo não é ser um acumulador de aprovações em primeira fase. No entanto a preparação para o exame de ordem exige muito de uma estratégia fina quanto aos detalhes e percalços que podem ocorrer.

Como disse anteriormente, a aprovação em 1a fase garante a possibilidade de duas chances para realizar a segunda fase. De modo que podemos pensar o seguinte cenário:

Aluno “X” foi aprovado na 1a fase do XXVII Exame, no entanto reprovado na 2a fase do mesmo certame. “X” tem direito à repescagem (segunda chance) já que aprovado na primeira fase de um certame.

-“X” opta por se inscrever no XXVIII. Lembrando que o edital de reaproveitamento do certame XXVIII somente será publicado após a aplicação de prova da 1a fase.

Possibilidade 1: “X” é aprovado na 1a fase do XVIII Exame. Portanto, passa a ter 3 chances de realizar a segunda fase (o reaproveitamento do XVII, a própria realização de segunda fase do XVIII e sua potencial possibilidade de reaproveitamento).

Possibilidade 2: “X é reprovado na 1a fase do XVIII Exame. Mesmo assim, deverá ficar atento à publicação de reaproveitamento de resultado, o que ocorrerá logo após a aplicação da prova. Nesta ocasião, caso não logre êxito na 2a fase do XVIII Exame, deverá buscar inscrever-se novamente em alguma edição posterior.

Vale destacar que para exercer o direito ao reaproveitamento o examinando deve inscrever-se e pagar a taxa respectiva, que corresponde a valor menor que a inscrição em 1a fase. Isso resulta no fato de que mesmo sendo uma estratégia interessante, impõe certo investimento. Não é barato sair realizando inscrições pra todo lado. Mas, como disse, não deixa de ser uma estratégia contra o tempo, buscando otimizar o transcorrer do certame.

Se você, assim como “X” (rs), optar por traçar esta estratégia… fique ligado no seguinte:

-Ao realizar a prova de 2a fase, mesmo que tenha ido bem, faça a sua inscrição para o próximo exame. Isso apenas se, seguindo o padrão de publicações, o limite da data de inscrição do exame posterior ocorrer antes da divulgação preliminar do resultado de 2a fase.

Mas atenção! Faça a inscrição e aguarde para pagar o boleto na data limite (que será em momento posterior à data de inscrição) e também ocorrerá em momento posterior à divulgação do resultado da 2a fase realizada.

Data limite de inscrição e Data limite para o pagamento do boleto gerado com a inscrição… não é a mesma coisa, ok?

Assim, sendo aprovado, nada de pagar boleto do próximo exame!

Se não aprovado, partimos para a estratégia de buscar mais “duas chances” de aprovação.

 

“Professor a prova é inconstitucional! não vou fazer exame e muito menos repescagem! É golpe!”

Pessoal, sei que há um grande abismo entre a prova e o que de fato ela se presta a promover (verificar se o examinando está apto a exercer a advocacia). No entanto, o exame não é inconstitucional (e o STF já se pronunciou neste sentido em algumas situações… em breve escreverei sobre isso!).

Meu intento aqui é apenas contribuir com alguns esclarecimentos acerca do que dispõe o provimento e os editais de reaproveitamento que são publicados a cada edição da prova.

Mande suas sugestões de artigos aqui para o nosso blog!

Bons estudos e até breve!

Savio Chalita

Tags:

You Might also Like

Editora Foco