Type to search

CONCURSOS PÚBLICOS: O PRIMEIRO PASSO PARA UMA ÁRDUA MAS GRATIFICANTE CAMINHADA!

Sem categoria

CONCURSOS PÚBLICOS: O PRIMEIRO PASSO PARA UMA ÁRDUA MAS GRATIFICANTE CAMINHADA!

Bom dia moçada!

Segunda feira “doída”, como de costume. Aquela vontade de que o domingo tivesse 48 horas!

Hoje trago pra vocês um assunto muito interessante: CONCURSOS!

concursos

 

Tá… eu sei que está um pouco distante de vocês ainda, afinal de contas, é necessário o tempo de atividade jurídica (3 anos). MAAAASSSS, pra você que já tem bem definida meta do SERVIÇO PÚBLICO (e então, obrigatoriamente, concursos!) este post será de serventia. Aliás, existem interessantíssimos concursos onde não é exigido aquele lapso de tempo, mas apenas a graduação superior. De qualquer forma, deixa de ser preguiçoso e leia, pode ser um sinal, um toque divino (Rs):

O ano de 2013 e 2014 foram anos muito promissores para os CONCURSEIROS. Tivemos publicados os editais de grandes concursos. Alguns, ainda em trâmite.

2015 não será diferente!

Atualmente, temos as inscrições abertas dos concursos de Magistratura do Trabalho (Juiz substituto)- TRT-2ª Região; MPF (Procurador da República); Defensoria Pública da União (DPU); TRE/GO; Tribunal de Contas de Goias; Polícia Federal (600 vagas); TJ/BA; Defensoria Pública MT; Procuradoria do Estado RS; TRE/MG; Defensoria Pública PE; Juiz Substituto DF… (Confira o Calendário de Concursos)

A maioria dos ingressantes na LOUCA vida de CONCURSEIRO fica totalmente perdido. No começo é uma beleza. A motivação ao ver os editais com salários extremamente atrativos… mas sabemos que é aquela velha empolgação conhecida… a mesma da “dieta das segundas feiras”.

segunda feira

Mas então, o que fazer pra isso não passar? Como me manter motivado e como organizar esta preparação?

Seria muita pretensão relatar em apenas um post todas estas informações (E tantas outras importantíssimas). Mas a intenção, de fato, não é essa, mas sim, dar uma “chacoalhada” e demonstrar grandes opções que temos à nossa disposição. Basta acreditar, ter responsabilidade, perseverança… qualquer pessoa é capaz de alcançar.

Antes de começar os “mi mi mis” já vou deixar claro: Esta é a minha impressão, opinião e experiência de bons anos ao lado de tantos concurseiros. Claro que podem existir outros “pontos de vista”. Minhas considerações aqui são superficiais, pontuais e muito resumidas… a intenção é motivar!

Pois bem, vamos lá:

O primeiro passo é a decisão. “Eu quero passar em um concurso Público”. O segundo passo é a convicção: “Eu vou passar”. Mas, entre as duas expressões que destaco… o espaço é longo MAS PLENAMENTE POSSÍVEL DE SE ALCANÇAR.

decidido

1- Decidido que será este o caminho, precisamos definir se há um concurso específico (muito já sabem desde o primeiro ano da faculdade o que querem – é raro, mas existe). Se não há um específico, deve existir pelo menos um padrão: Concursos de Tribunais, Procuradoria, Ministério Público etc.

2- TEMPO: Defina o tempo. O maior amigo do Concurseiro é o calendário ou tabela. Aliás, é um método muito eficiente para você mesmo avaliar o tanto de desperdício de tempo no seu dia. Enumere, desde o horário que você acorda, quais são as suas atividades e quanto tempo você gasta, aproximadamente, com elas. Não precisa ser extremamente minucioso. A intenção não é um relatório pormenorizado. Exemplo de atividades que você pode determinar na elaboração deste material: Higiene Pessoal; Almoço; Jantar; Deslocamento até o Trabalho; Descolamento de volta do tratalho; Hora com a Família, etc.

Você verá como perdemos tempo por dia, e consequentemente, o impacto que estas horas perdidas terá ao final do mês, do ano…

Após os tempos vagos e “vagáveis” encontrados, o passo seguinte desta etapa, é fazer uma nova tabela, inserindo as matérias e atividades de preparação que serão feitas nestes espaços de tempo.

3- FAMÍLIA: Converse com a sua família (digo a família próxima. Não precisa contar pra toooooooda árvore genealógica. Converse com sua esposa, filhos, pais, etc. Aqueles que moram com você serão parte do processo de preparação.).

Peça ajuda à sua família (neste conceito restrito) ao estabelecer, dentre aquelas horas “livres” ou “livríveis” (criando palavras rs) como vocês farão para administrar o restante das atividades.

familia

“Ah Fessor, eu tenho muito tempo livre” – Sorte sua, filhinho… vai ter mais tempo pra trabalhar no projeto da sua aprovação. Agora, atente-se para a velha dicotomia QUALIDADE x QUANTIDADE. Não adiante estudar 9 horas diárias se não houver qualidade no estudo.

Aos colegas e alunos que são casados, possuem filhos, esposa, papagaio, cachorro e etc… não há como simplesmente abandonar todas as outras atividades. Além de concurseiro, e bem antes disso, você é parte de uma estrutura de tarefas essenciais no lar. Por isso que repito, converse com sua família. Apresente o projeto de aprovação. Qual a meta. Qual o concurso. Qual seria a qualidade de vida que seria proporcionada à unidade familiar (Gente, isso é importantíssimo. Um projeto que pode mudar a história da família).

Divida as tarefas. Defina as regras de utilização de tempo. Sacrifique-se um pouco. E não se esqueça, o PROJETO APROVAÇÃO é recompensador!

4-AMULETOS: Eleja um amuleto. Não tô falando de um trevo que 4 folhas nem uma ferradura na parede (mas pode ser, o que é que tem?). O amuleto do concurseiro é aquele objeto, pensamento, que lhe renderá uma motivação extra… principalmente nas “doídas” segundas feiras matinais…rs.

Imagem Pública. A divulgação foi feita pelo próprio beneficiário. Fonte: http://mazelasdojudiciario.blogspot.com.br/2012/05/juiz-da-exemplo-e-publica-seu.html

Imagem Pública. A divulgação foi feita pelo próprio beneficiário. Fonte: http://mazelasdojudiciario.blogspot.com.br/2012/05/juiz-da-exemplo-e-publica-seu.html

Concurseiros famosos, que alcançaram seus objetivos, relatam que tiravam cópia do contracheque de pagamento do cargo pretendido. Foto da carteira funcional, etc. É muito particular. Pense sem pressão, com calma, e encontrará o seu.  Na minha vida, em particular, pra tudo o que preciso fazer onde preciso buscar um PLUS motivacional, penso na minha filha, na minha esposa. O quanto, aquilo que vou fazer, vai trazer felicidade, tranquilidade, satisfação para elas, e consequentemente, para mim. Sempre dá certo!

Eleja o seu amuleto.

CONFIRA A TRAJETÓRIA DE CONCURSEIRO – PROFESSOR WANDER GARCIA

5- MATERIAL: Outra dúvida recorrente é a escolha do material. Faço cursinho? Compro livros?

Hoje em dia a condição dos que se preparam para os concursos é melhor do que antigamente. Hoje temos uma infinidade de possibilidades em conseguir materiais. Por outro lado, o cuidado tem que ser mais do que redobrado na hora de colher materiais disponíveis livremente pela internet. Há muita coisa desatualizada. Muito documento fraco, raso e equivocado.

Sempre indico aos meus alunos as verdadeiras ferramentas de aprovação da FOCO e IEDI. Vocês já ouviram dizer, pelo menos uma vez, pois sempre trazemos algum produto em nosso blog.

Como não sei qual é o concurso para o qual irá se preparar, indico o site. Busque também nas redes sociais, há muita informação valiosíssima para CONCURSEIROS:

CURSO IEDI

125x125-button-iedi

www.iedi.com.br

EDITORA FOCO

www.editorafoco.com.br

www.editorafoco.com.br

O segredo é conciliar algumas atividades de preparação: Aula com leitura de material complementar (Doutrina – Revisões); Questões Comentadas (Treino que questões e análise das respostas); Leitura da Lei seca + Jurisprudência.

Esta ferramenta de QUESTÕES COMENTADAS lhe renderá muitas horas em economia. Não será necessário ficar baixando/imprimindo provas, buscar a fundamentação de cada questão. As obras da Editora foco são as únicas do mercado que trazem comentários (VERDADEIROS e não simplesmente “qualquer coisa”) fundamentados de cada questão. É possível você encontrar obras especializadas em bancas examinadoras, por concurso (AGU, DPU, MPF, Magistratura, etc) bem como o REVISÃO PARA CONCURSOS (15.000 QUESTÕES COMENTADAS dos principais concursos jurídicos do país).

6- TREINO

Treinar muito as questões, se preocupando sempre com o conteúdo trazido por elas, é um elemento indispensável para o sucesso da preparação. Treinar ficar sentado o tempo de horas estabelecido para o concurso que você se prepara, outro!

Já pensou se um lutador, antes de um grande duelo, ficasse treinando apenas a meditação, a parte técnica? É preciso treinar lutando. Colocando na prática o conhecimento. É buscar ao máximo as condições que você encontrará no dia.

Então, qual é o melhor jeito de treinar para uma prova? TREINANDO AS QUESTÕES.

“mais fessor, não dá pra só comentar as provas?” Dá sim. Mas, usando a mesma analogia anterior. Dá pra um lutador treinar sozinho? Só utilizando um saco de pancada? Até dá, mas não é eficiente como ter um “treinador” mostrando onde tá certo (e o motivo de estar) e onde está errado (e o motivo, também, para tanto).

treino1

Treino com saco de pancadas… até que vai, mas não é 100%

 

 

 

treino2

Ahh… aqui o bixo pega! Situação real que o combate lhe reserva!

Portanto, deixe de sair 1 ou 2 finais de semana e adquira um livro que irá potencializar seus estudos e trazer chances reais de aprovação!

E por fim, guardar um mantra sagrado pra esta vida sofrida mas recompensante: ESTUDAR ATÉ PASSAR! NÃO IMPORTA QUANTO TEMPO LEVE… EU VOU PASSAR!

Até breve moçada,

Qualquer dúvida, me escrevam (comentem o post)

Editora Foco